Pesquisar

Translate

26 de set de 2009

INTERPRETAÇÃO DA CURVA DE SOLUBILIDADE




A solubilidade de uma substância varia com a temperatura. O gráfico que representa a solubilidade de uma substância em função da temperatura, é denominado de curva de solubilidade. 
Existem três tipos de curvas :
Curvas Ascendentes: representam as substâncias cujo coeficiente de solubilidade aumenta com a temperatura. São substâncias que se dissolvem com a absorção de calor, isto é, a dissolução é endotérmica.
Curvas Descendentes: representam as substâncias cujo coeficiente de solubilidade diminui com o aumento de temperatura. São substâncias que se dissolvem com liberação de calor, isto é, a dissolução é exotérmica.
Curvas com Inflexões: representam as substâncias que sofrem modificações em sua estrutura com a variação da temperatura. O sulfato de sódio, por exemplo, até a temperatura de 32ºC, apresenta em sua estrutura dez moléculas de água, em temperatura acima de 32ºC o sulfato de sódio perde suas moléculas de "água de cristalização" e a curva de solubilidade sofre uma inflexão. 










Tipos de Soluções





Soluções insaturadas (valores abaixo da curva de solubilidade)


São soluções que não atingiram a quantidade máxima de soluto que o solvente consegue dissolver naquela temperatura. Podem se consideradas como soluções diluídas ou concentradas.



Soluções saturadas (valores sobre a curva de solubilidade)


São soluções estáveis que apresentam quantidade máxima de soluto possível de dissolver numa determinada quantidade de solvente, a uma dada temperatura. Se a quantidade de soluto dissolvida for exata, ela não apresenta corpo de fundo. Se a quantidade adicionada ao solvente for maior do que a sua capacidade de dissolver, naquela temperatura, haverá corpo de fundo.


Soluções supersaturadas (valores acima da curva de solubilidade)


São soluções que apresentam uma quantidade maior de soluto que soluções saturadas, nas mesmas condições de temperatura e pressão. Para preparar uma solução supersaturada é necessário um método especial. As soluções supersaturadas são muito instáveis, com uma pequena agitação, ou adicionando-se um pequeno cristal do mesmo soluto, ocorre precipitação imediata do soluto em excesso, voltando a ser solução saturada. O mel é uma solução supersaturada.




                                                                                                                                               Elaboração Prof. Paulo Silva