Pesquisar

Carregando...

25/04/2010

A Distribuição Eletrônica em Subníveis na Tabela Periódica



A distribuição eletrônica de um átomo ou íon é uma descrição da distribuição dos seus elétrons por níveis e subníveis de energia.

Para determinar as configurações eletrônicas do estado fundamental segue-se um método conhecido como regra de Aufbau, palavra que em alemão significa "construção": os elétrons preenchem sucessivamente os subníveis de energia em ordem crescente de energia, com o número máximo permitido em cada subnível.
Usamos os subníveis: s, p, d, f – sendo o número máximo de elétrons em cada subnível igual a 2, 6, 10, 14, respectivamente.
Os cientistas utilizam um padrão de notação para descrever a distribuição eletrônica atômica. Nesta notação, um subnível é escrito na forma nxe, onde "n" é o número da camada, x é o nome do subnível e "e" é o número de elétrons na subcamada. Os subníveis são escritos em ordem crescente de energia. ou seja, na sequência em que elas são preenchidas.


O Diagrama de Linus Pauling

O diagrama de Pauling é um esquema feito pelo químico norteamericano – Linus Carl Pauling - para auxiliar na distribuição dos elétrons pelos subníveis da eletrosfera.
Os subníveis são designados por letras:
s (sharp = nítido),
p (principal),
d (diffuse = difuso),
f (fundamental), g, h e i, sendo esses 3 últimos ausentes do diagrama convencional, pois, apesar de existirem na teoria, não há átomo que possua tantos elétrons e que seja necessário utilizar esses subníveis.



O diagrama deve ser preenchido na seguinte ordem:
1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s2 4d10 5p6 6s2 4f14 5d10 6p6 7s2 5f14 6d10


Exemplos de Distribuições Eletrônicas

Hélio (Z=2) 1s2
Flúor (Z=9) 1s2 2s2 2p5
Sódio (Z=11) 1s2 2s2 2p6 3s1
Ferro (Z=26) 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d6


Distribuição Eletrônica dos Elementos Representativos


Distribuição Eletrônica na Tabela Periódica

Dica: devemos anotar dentro dos colchetes o gás nobre da camada anterior, voltar à camada onde está o elemento e completar sua configuração. Observe os exemplos:
Oxigênio (Z=8) [He] 2s2 2p4
Magnésio (Z=12) [Ne] 3s2
Potássio (Z=19) [Ar] 4s1
Arsênio (Z=33) [Ar] 4s2 3d10 4p3
Índio (Z=49) [Kr] 5s2 4d10 5p1
Chumbo (Z=82) [Xe] 6s2 5d10 4f14 6p2

Termos Importantes

Elementos de Transição Externa são encontrados nos grupos 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12. Seus elétrons de maior energia estão em subníveis “d”.
Elementos de Transição Interna são os lantanídios e os actinídios. Seus elétrons de maior energia estão em subníveis “f”.
Elementos Representativos ou Regulares possuem seus elétrons mais energéticos nos subníveis “s” ou “p”. Na tabela são os grupos: 1, 2, 13, 14, 15, 16, 17, 18.
Elétrons da Camada de Valência são os elétrons da última camada, aqueles que se encontram no nível de maior valor.
Elétrons do Subnível mais Energético são os que se localizam no último subnível de energia, de acordo com a distribuição dos subníveis no Diagrama de Pauling.

Acesse também os blogs:

Em caso de dúvida mande um e-mail para:

Elaboração: Prof. Paulo Silva